A vida dos desapegados


A vida dos desapegados é dinâmica, corrida, e pouco compreendida, é foguete enviado sem destino, é amar de dia, discutir via whats a tarde e procurar outro destino a noite… Incrível é poder conhecer alguém que age de acordo com os instintos mais básicos, sentimentos a flor da pele, como um bicho arisco a sentimentos desconhecidos. Parecem com robôs bem programados, atuam cirurgicamente ao tirar qualquer resquício de saudade.

Falando assim parecem pessoas sem alma, sem qualquer sentimento de empatia, além das bandeiras e corações partidos que deixam por seu caminho. Na verdade, são frágeis, acostumados a conviverem com sentimentos mais fechados do que os externados, ao deixarem corações partidos entre seu caminho, pisam também no seu próprio que há tempos não se reconstrói.

Criam manias, trapaças, artifícios, são viciados em afeto, em carinho, talvez sejam monstros que se divertem da frustração que deixam ao sumirem, talvez pessoas que não saibam lidar com sentimentos bons, talvez não se acham dignos de algo assim.

E por mais teorias que existam, é incrível a ironia de alguém que jura de pé junto que não consegue gostar de ninguém, em como se esforça para ter atenção de alguém. Afinal se é desapego por qual motivo querer tanto alguém por perto para sumir entre mensagens não visualizadas, e respostas invasivas…

Wagner Aramian📝✔️

Anúncios

Insistir no erro é burrice


Calma, moça, não se desespere. As coisas acontecem assim porque tem de acontecer. Se não ”foi ele” é porque não deveria ser ”com ele”. Não deu certo ontem, não vai dar certo hoje e nem amanhã. Insistir no erro é burrice. Alimentar o erro é paranoia. Se você sabe que não vai dar certo, pra quê ficar insistindo? Se você sabe que toda vez vai terminar o seu dia completamente triste, pra quê viver entupindo seu coração de ilusão achando que as coisas vão ser diferente? Pra quê, hein? Tá na hora de acordar pra vida e começar a viver por você. Deus realmente sabe de todas as coisas e as vezes Ele coloca ”alguém” na nossa vida para nos ensinar a ser melhor e a achar um caminho melhor, mas não para viver pra sempre ao nosso lado. Vai ver que dessa vez você não foi a premiada, e Deus, lá de cima, por ver tudo e todos, te colocou na vida daquele cara porque ele realmente precisava de ti. Ele viu que, por você ser uma mulher de grande coração, poderia mudar a cabeça daquele cara e podia ensiná-lo o lado bom da vida que é; a amar e a cuidar de alguém para não ser mais um inútil por aí. Mas o triste é isso… de você ter tentado de todas as formas ensiná-lo e ele, por ser tão cabeça fraca, não ter tido paciência de aprender. Você fez sua parte, eu sei. Agradeça. Se ele se foi, é porque você não o merecia. Você fez tudo que foi preciso, porque você é exatamente assim: verdadeira. Continue! E Deus, como é bom, tem algo guardado pra ti que eu sei. Então espere, moça; por que você sim merece algo melhor na vida.  

 

Wagner Aramian

 

Meu amor não dorme em casa


Eu me entreguei de corpo e alma. Me joguei mesmo, da forma mais verdadeira do mundo, nos braços daquele cara. Não foi preciso me cobrar e nem implorar para eu ir, pois eu tinha fome daquele homem e, na mesma hora que ele falou: ”Tô com saudade, vem me ver”. Eu não pensei duas vezes, peguei minhas coisas e fui. Fui ao que me esperava. Peguei uma roupa qualquer, não tão bonita, e me vesti. Peguei minha dignidade e coloquei no bolso da blusa. Peguei meu respeito e coloquei no fundo da bolsa. Peguei minha simplicidade e coloquei na palma da mão. Peguei todo o meu amor, coloquei em meu coração e fui completa e inteira igual todas as vezes, porque quando eu chegasse lá, ele iria ter a ”sua mulher” do jeito que quisesse. Entre tapas, beijos e arranhões, eu estava ali, toda menininha, mas o que eu queria mesmo era sentir-se Mulher, coisa que ele não fazia. E toda despedida era dolorosa. Eu esperando por algo a mais e ele me mandava embora dizendo que já estava tarde. Aí foi que notei o porque d’ele me fazer menininha todo esse tempo, pois eu era ”Mulherona” demais pra ele. Toda vez que eu chegava lá por completa e inteira, voltava sempre faltando algo. O problema de se entregar de bandeja é ir pra casa incompleta. Chega! Agora eu só me entrego pela metade, pra ver se alguém me completa.

 

Wagner Aramian

Um beijo e boa semana

É preciso reconhecer um fim para superá-lo


Tolice pensar que estas palavras falam somente sobre o amor. São, como sempre, verdades mais profundas. Capazes de tocar todos os aspectos de nossas vidas. Servem para cada despedida e separação. Servem para todos os encerramentos que encontrarmos pelo caminho. Inclusive, é claro, para o encerramento do caminho em si. Na vida, precisamos reconhecer os fins para então superá-los. É a mais autêntica definição de identidade. Somos apenas capazes de reagir àquilo que reconhecemos. Assumimos. Definimos. Depois, você pode agir como desejar. De acordo com cada umas das suas lições e crenças. Você pode desaparecer ou confrontar. Esquecer ou guardar carinho. Não importa. Mas antes é preciso reconhecê-los. Assim, transformamos os fins em fins. Para depois transformá-los em recomeços.

Pending

Um beijo e boa semana!

Felicidade


Um homem foi consultar o psiquiatra e disse: ” Doutor, eu me sinto infeliz, triste, profundamente desanimado o senhor pode me ajudar”? Ao que o psiquiatra sugeriu que ele fosse a um circo que ali por perto estava, e disse: “Olha lá, existe um palhaço muito engraçado, que faz rir a pessoa mais desesperada e mais triste do mundo.” Ao que o paciente retrucou: “Doutor, eu sou palhaço”. Eu ouço muitas vezes a pergunta: “O que eu posso fazer pra ser feliz”? O segredo da felicidade ou a busca por ser feliz, se tornou uma epidemia mundial. Há um filósofo francês que disse que o mundo inteiro está em uma busca louca e desenfreada por ser feliz. Ser feliz é a bola da vez. Ocorrem dois equívocos no entanto, no que diz respeito a felicidade.

O primeiro, está no fato de nós acharmos que a felicidade é uma coisa que eu posso adquirir. As revistas de famosos, os jornais, a mídia, todos os dias nos diz através de propagandas de carros, propagandas de anúncios de margarinas ou de bancos, que comprando isso que adquirindo aquilo, dessa forma eu então me tornarei feliz. Oscar Wilde no entanto, tinha certa razão quando disse que nesse mundo há duas tragédias. Uma é não conseguir o que se deseja, a outra é conseguir. Isso ocorre porque desejamos as coisas e dizemos: “quanto eu tiver determinada coisa, aí então eu serei muito feliz.” “Quando eu conquistar determinado objetivo, quando conseguir comprar determinada coisa, aí então eu vou conseguir a felicidade plena”.

E aí a gente consegue, e quando a gente consegue, logo em seguida nós somos tomados por um desejo de conseguir alguma outra coisa, vem aquela sensação que bate o coração e diz assim: “Parece que não é bem isso que eu queria pra minha vida.” Perceba que alegria da compra de um carro novo, não dura mais que duas ou três  semanas. A nossa alma não fica satisfeita com coisas. Felicidade não é lucro, felicidade não é ganho. Outro equívoco com relação a felicidade, é nós acharmos e termos a expectativa  de que ela seja pra sempre. Guimarães Rosa nos fala algo sobre isso quando diz: ”Felicidade mesmo, ser feliz em estado permanente,  não existe. Acontece, em raros momentos de distração”. O estar feliz, não é pra sempre e nem deveria ser, sabe porquê? A insatisfação, segundo dizem, é a mãe do progresso.

Na nossa vida feliz, nós teremos tristezas, uma vida feliz não é uma vida sem nenhuma tristeza. Existe uma fórmula antiga em filosofia, para definir felicidade. Diz que felicidade, é igual a realidade menos  expectativa. Mario Sérgio Cortella define felicidade como uma vibração da alma, intensa, onde você sente a vida te levando ao máximo, e isso não acontece constantemente, mas sim, em alguns pequenos momentos. Felicidade é viver intensamente esses pequenos momentos que a vida nos proporciona. É justamente nesse desejo de fazer com que a vida fique vibrando constantemente e sempre, que muitas pessoas confundem felicidade com euforia, e desejam sentir-se eufóricas em todos os momentos da vida.

E pra isso, recorrem a drogas, recorrem aos fármacos, recorrem a todos os tipos de coisas, bebidas, sexo, e constantemente, porque acham manter-se nesses estados de euforia os tornará mais felizes. Acredito que para ser feliz, precisamos aprender a viver um dia de cada vez. Aquilo que nos ensina os evangelhos:  “Basta para cada dia o seu mal”. Precisamos aprender a nos livrar um pouco desse desejo louco por euforia, precisamos entender que felicidade não é coisa, felicidade não é dinheiro, que felicidade não são coisas que são supérfluas, precisamos aprender que basta para cada dia o seu mal. Para Paulo, o apóstolo, felicidade está atrelada a contentamento. Contentamento é a capacidade de estar satisfeito.

O contente desfruta a vida agora, ele sabe que não há vida amanhã, que o passado ficou para trás e tudo o que ele tem agora. Eu preciso viver feliz agora. Um homem, caminhava por uma floresta, anoitecendo, escuro, de repente um rugido de um leão, o homem teve muito medo, começou a correr na escuridão, não via por onde ia, e precipitou-se num abismo. Na queda, agarrou-se em um galho de árvore que estava projetado sobre o abismo, e ali ficou pendurado entre o leão e o vazio. De repente, olhando para a parede no galho onde estava, viu uma plantinha,  e na plantinha um fruto vermelho. Era um morango.  Estendeu o braço, colheu o morango, e comeu. Estava delicioso.

Felicidade é enxergar os morangos, felicidade é fruto na beira do abismo, é preciso colhê-los hoje. Amanhã, ou ele já caiu ou você caiu. Felicidade não é uma coisa que acontece depois do casamento, depois da formatura, depois de ficar rico, depois da construção da casa própria. Felicidade não é um lugar ao que se chega, felicidade não é uma coisa que se adquire, felicidade é um jeito como você vai. Eu espero profundamente, que você seja, de verdade feliz!

“FELICIDADE TODOS OS DIAS, AMA TODOS OS DIAS” 

 

Ps. Texto do meu amigo e pastor Thiago Rodrigo

Youtube Thiago Rodrigo

 

Um beijo, Wagner Aramian

 

 

 

Não falta tempo. Falta prioridade.


 

Uma verdade talvez impressionante para muitos: o nosso tempo é o mesmo. Claro, a percepção de cada um pode até ser distinta. O tempo é relativo, nos diria Einstein. Ainda assim, todos nós possuímos a mesma quantidade de horas em um único dia. Vinte e quatro, para ser exato, caso alguém esteja ocupado demais para se lembrar disso. O que muda então são as nossas prioridades. O quanto nos preocupamos com o outro e valorizamos ou não os diferentes aspectos das nossas vidas. Desejar não somente receber cuidado, mas querer torná-lo recíproco. Aliás, vou além. O tempo só nos faltará quando não estivermos mais nesse mundo. Até lá, o relógio não poderá ser o culpado pelas nossas ausências. O bode expiatório pelos nossos desinteresses. Sempre existirão segundos suficientes para dizermos ao menos um simples eu estou aqui. Sejamos mais sinceros então. Tempo não nos falta. Aliás, tempo nunca nos faltará. Pelo menos não enquanto estivermos vivo.

Pending

Tem certeza que é isto que tu merece?


É sério que o teu coração vai se tornar em pedaços? É sério mesmo que tu que és sempre tão forte vai mergulhar nesta dor tão repentina? Onde tens guardado o teu amor próprio? Porque sofrer por quem não se importa? Olha, nosso coração tem a mania de ir contra a nossa razão. É teimoso, se arrisca ao extremo. Por vezes quer morar onde só tem espinhos. Fica bobo quando pensa que ama e tantas vezes se engana. Se só tu buscas, se só tu lembras, por que insistir neste sentimento? Tem certeza que é isto que tu mereces?! Sabe, quem não se importa, não faz questão de te ter por perto, sente a tua falta se não tiver um outro alguém, não lê a tua alma. E amor não é ausência, amor é presença constante na dor e nos bons momentos. Amor é construção. Não mate a alegria que se faz presente no teu coração por um sentimento cafajeste. O mundo tá cheio deles. A pessoa certa vai te ensinar que amor é um sentimento de luz, um sentimento bom. A pessoa certa vai te fazer sorrir e não chorar.

 

 

Quero apenas sua amizade


 

Eu não gostaria de estar me sentindo assim, mas ninguém manda nesse território indomável chamado coração. E as coisas são como são não adianta você insistir mais não gaste suas energias comigo. Você não vai conseguir mudar a minha opinião.

Não insista mais não quero ficar com raiva de você vamos continuar a ser amigos e tendo um relacionamento que não implique sentimentos mais profundos. Eu gosto de você e sua companhia me agrada mais é só isso. Você não pode querer me obrigar a sentir
algo que não posso.

Aceite o que eu estou te oferecendo pois é o que posso te dar. Podemos desfrutar de bons momentos e de sorrir nos divertindo como sempre fizemos. Não gostaria que se afastasse de mim apenas que compreendesse a minha maneira de pensar e de agir conforme os meus sentimentos.

Por favor não insista mais.

 

Quero um amor sossegado


Quero um amor sossegado. Alguém para me abraçar, assistir um filme, jogar baralho, viajar, conversar, contar o dia, fazer cafuné, dar apoio, confortar. Quero troca, carinho, respeito, cumplicidade. O amor é uma amizade sem inveja. É um sonho com realidade. É uma realidade sem photoshop. O amor é um abraço apertado, um olhar que se encontra, um silêncio que não incomoda, um barulho de onda, um gosto bom. Não tem serenata, mas tem bilhetinho dentro da bolsa. E rotina, cansaço, discussão, divergências de opinião. Mas, acima de tudo, tem paciência. E vontade.

Facebook Wagner Aramian

Instagram Última Expressão

Te-quero-hoje! Amanhã e outro dia amor.


 

Creio que tudo isso que tá rolando entre a gente – hoje – não é em vão e nenhuma palavra dita (pelo menos da minha parte) será esquecida no dia seguinte. Te conheço há anos mas acabamos nos envolvendo agora. Engraçada esta vida, né?! Agradeço ela, claro. O destino, também. Até porque, se tivéssemos nos envolvido antes, daria errado. Ou se deixassemos para amanhã, nem aconteceria. Acredito que tudo tem a sua hora exata de acontecer e a nossa hora está acontecendo agora.
 
Tive várias oportunidades de pedir teu número mas achava você um cara galinha demais, e caras assim, não faz nenhum pouco o meu tipo. Todas comentavam de você por ser um cara atraente, bonito e charmoso. Algumas elogiavam e outras até te ”queimavam” dizendo que você só sabia de iludir as garotas que tu conhecia por aí, mas também falavam que você era um cara bacana, trabalhador, estudioso e homem para assumir seus erros, então eu achava que, por ser uma garota simples, não tão vulgar quanto as outras e nem escandalosa do tipo daquelas garotas que você ficava ao lado nas baladas, não teria chance alguma de um dia poder te conquistar. Então eu ficava na minha, tímida e observando cada passo que você dava por aí na vida. 
 
De tantas oportunidades que eu tive e não aproveitei, você também teve. E eu agradeço por não ter pedido pra ficar comigo naquela festa entre amigos até porque não sou de dizer sim tão fácil e com certeza você iria desistir de mim no dia seguinte. E mesmo se eu dizesse sim naquela noite de festa, você só iria curtir o meu beijo e caso rolasse um sexo no quarto daquele seu amigo do colégio você iria meter o pé como se nada tivesse acontecido. É o que os homens fazem em festas comemorativas, só querem tirar um lazer com a primeira garota que aceitar tomar um drink do seu próprio copo. Tadinha delas, sério. Mas não sou dessas e nunca vou ser. Você tava bêbado e tarado, queria só uma garota para te satisfazer ali naquele momento. Eu percebia tudo isso. Tenho cara de menina boba, mas não sou não. E pra ser mulher de uma noite só, não é comigo, pois sou mulher de muitas noites. 
 
E agradeço por ter te encontrado agora; no meu tempo e no seu tempo. Sei que anos atrás você só queria curtição, sair beijando e transando por aí como se não existisse o amanhã. Sei também que muitas pessoas vão chegar comentando de você, dizendo coisas banais e que você não vale nada. Não é? Mas escuta só: Eu sou uma mulher madura e sei lidar muito bem com isso. Aposto que hoje em dia você mudou, tem outros pensamentos e não é mais o mesmo de antes, certo? Cá entre nós, notei sua mudança e seu interesse pelas coisas da vida. Agradeço, claro. Gosto de homem assim, de cabeça, maduro e decidido nas suas escolhas. Eu não gosto de por o passado em meu presente e jamais vou ousar em citar o que você fez anos atrás para prejudicar a gente no presente. Quero tudo isso que a gente tá vivendo – o hoje e o daqui a pouco – bem aproveitados. Tenho muita coisa para te oferecer e sei que você tem muita coisa para poder me ensinar. Ontem já foi, o amanhã está por vir, então vamos aproveitar o ”agora”. Tô pegando uma confiança enorme em você e espero não me decepcionar, pois sou fácil de acreditar nas pessoas, mas para dar um passo pra trás e jogar tudo para o alto, é mais fácil ainda. 
 
Se tivesse aparecido tempo atrás com certeza você iria levar um pé na bunda, ou sei lá, não daria nada certo. E acredito sempre que as coisas é tudo no tempo de Deus. Não sirvo só para um dia de prazer ou só para matar sua vontade de gozar numa madrugada. Com certeza iria te dar um tapa na cara assim que ousasse me agarrar na frente de todos seus amigos querendo roubar um beijo meu para se aparecer e no outro dia se sentir o garanhão só por ter beijado a garota mais difícil do seu bairro. Gosto de homem de atitude, claro, mas não de homem exibido, que faz apostas com amigos para ganhar um beijo de uma garota. Não, pelo-amor-de-Deus, não é minha praia.
 
Tudo que está acontecendo entre nós não foi por acaso. Não vou ter medo de seguir do seu lado, mas claro, tive algumas decepções amorosas e torço para que isso não se repita. Até porque, cada um é diferente do outro, e jamais iria querer culpar você por um homem ter me feito uma babaca no passado. Hoje estou jogando todas minhas fichas em você e depositando total confiança em ti para que a gente fique bem e que a gente dê certo. Certo? Estou entrando nesse novo ”amor” de cabeça, inteira e completa. Por que eu sempre fui assim, odeio ir pela metade e aos poucos. Espero que esteja inteiro e completo também, para poder lidar, cuidar, preservar e amar uma mulher decidida assim como Eu, amor.
tumblr_m1806plytz1qhx1b5o1_500

Confie


 

Tem pessoas que Deus coloca na sua vida quando você precisa, mas tem pessoas que Ele tira quando você não merece mais. Nem sempre é uma perda, às vezes é apenas um livramento. Ele jamais vai tirar algo que você precise, Ele só vai tirar aquilo que lhe faz mal. Não fique triste ou abalada. Aceite. Se Ele tirou, sinal que aí vem coisa melhor. Espere. Confie. Respire. Cuide-se primeiro… para depois querer cuidar de alguém. Ame-se primeiro… para depois querer amar alguém.

 

Instagram > Última Expressão <

Às vezes preciso sair de mim mesmo para ser vários personagens (risos)


 

Parei de assistir Grey’s Anatomy e comecei a assistir Prision Break. Parei de assistir Prision Break e comecei a assistir Grey’s Anatomy. Agora estou assistindo os dois. Um pouco de cada. Uma dose certa por dia. E tô viciadão nos personagens que estou trazendo eles para a vida real. Maior loucura. Esses dias cheguei num barzinho, sentei na cadeira, olhei para um lado; pro outro, e a garçonete veio me atender: “Vai tomar o que, moço?” Eu de cabeça baixa olhando pro cardápio respondi: “Trás um balde de cerveja. Gelada. Ah, Stella Artois, por favor!” Ela anotou o pedido e me indagou toda curiosa: “Você não é aquele carinha que escreve as coisas bonitas no facebook? O Wagner Aramian?” E eu, meio inibido, coloquei os cotovelos na mesa, as mãos no queixo, olhei para ela com uma cara de sério e respondi: “Não não, moça. Sou o Michael Scofield. O misterioso. A Sara Tancredi está chegando aqui e estou com muita sede.” Ela sem entender nada, virou as costas e foi pegar o pedido. Acho que ela deve ter me chamado de louco. Deve tá pesquisando o meu nome até hoje. Outro dia, numa baladinha perto de casa, uma garota que eu conhecia há anos do tempo de escola no qual eu era todo apaixonado e que vivia me dando um pé na bunda veio bater papo comigo: “Oi, piruka! (Meu apelido) Quanto tempo. Que saudades de você. Tá com quem aqui? Tá acompanhado não? Logo você? Que milagre é esse? Quer ficar ali na minha mesa?” “Oi, Ana. Não sou mais o piruka. Piruka morreu. Hoje sou o Derek Christopher Shepherd. O cirurgião plástico. O galã. O modelo da Calvin Klein. Só saio com as dançarinas do Faustão. Sei que tô bonito. Mas o mundo dá voltas. Não vem com esse papinho achando que vai arrumar alguma coisa não. Sua oportunidade já passou. Cansei de tirar o atraso das pessoas. Não achei meu pau no lixo. Tchau. Já estou indo. A Meredith me espera.” Abotoei minha camisa, guardei meu celular no bolso, peguei minha cerveja e sai de perto. Não por maldade. Só para evitar a fadiga. É foda. De vez em quando a gente não quer ser a gente. Às vezes preciso sair de mim mesmo para ser vários personagens, porque tem dia que é um inferno ser eu.  Já que leu até aqui, me siga no Insta

Príncipe não! Ela só quer um cara bacana.


 

Mas ela – ao contrário da maioria – nunca foi de sair por aí procurando pelo príncipe encantado e nem pelo cara perfeito, mas sempre orou e pediu pra Deus que um bom cara cruzasse o seu caminho. 
 
Um cara bom, digo assim: Que ao errar com ela, reconheça seus erros. Que os defeitos dela, ele saiba lidar. Que os desejos dele de crescer na vida sejam iguais aos dela. 
 
Que seja forte, não em músculos, mas em personalidade. Que seja rico, não em dinheiro, mas em amor. Que seja simpático, não pra todas, só para quem tem respeito. Que seja bravo, não toda hora, só na cama. Que seja carinhoso, não todo dia, só depois de uma noite longa de muito amor. Que seja romântico, não sempre, só quando ela precisar. Que seja safado, não na rua, mas dentro de casa. Que a deixe livre, mas não solta. Que a prenda no coração, mas não sufoca.
 
E que seja assim, para sempre. Que a complete quando faltar algo. Que lhe faça ser mulher, quando ela se sentir menininha. Que encare a vida do jeito que ela encara. Afinal, pra ficar do lado dela, não precisa ser príncipe encantado não, tem que ser cabra macho, meu bem. Cabra Macho!

Que seja eterno enquanto dure


Enquanto dure? Não. Enquanto te faça bem. Infelizmente, algumas histórias duram mais do que deveriam. Bem mais. E na maioria das vezes, nós somos os responsáveis por esses atrasos. Talvez por não enxergarmos o óbvio. Talvez por não aceitá-lo. No pior dos cenários, até enxergamos e aceitamos. Porém, nos consideramos bem menos do que deveríamos. Assim, deixamos estar. Assim, deixamos de ser. Seria então melhor sempre cortar os laços já nos primeiros sinais de atrito? Obviamente não. O que precisamos é amadurecer. É compreender a diferença entre as dificuldades do cotidiano e um cotidiano de dificuldades. O amor não é sempre leve e não deveria ser, por toda a sua força e importância. Ainda assim, nem toda tristeza é um amor. Aliás, talvez há muito tempo já tenha deixado de ser amor. Talvez seja apenas um simples atraso de vida. Infelizmente, durando bem mais do que deveria.

Siga-me noInstagram

 

 

Além da vida


Além da vida, há um jardim, o mesmo repleto de flores raras, um bosque representando a pureza, cujo há frutos aos montes nas árvores, pássaros cantando em seus ninhos, caminhos regados a folhas ressecadas e verdes, mesclando o antigo e o novo, chapeuzinho vermelho cantarolando dentre flores, um vasto campo de gramíneas recém-nascidas e lírios, uma cesta repleta sobre uma toalha jogada ao chão, um velho ao centro da mesma, separando com seu olhar dois jovens, ela com uma faixa na cabeça e um anel dourado no anelar direito, ele com pedras e rosas dentre seus dedos calejados, com olhares longínquos. Auréolas por entre suas cabeças, uma foto por mim é reproduzida, de um ângulo que não contemplava inteiramente o espaço, não havia sombras. Nunca viste o sol tão próximo, uma porta entreaberta ao seu lado, a qual se via quatro degraus de uma escada, era tarde, o tempo estava encerrando, era o instante do sim ou do não, o caminho deles se fecharia para sempre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ame, e você jamais estará sozinho


Não é acontecimento, é sentimento. Não está fora de nós, está dentro. Podemos nos sentir sós em plena multidão, e podemos estar sozinhos sem nos sentirmos solitários. Solidão é, pois, não ter ninguém dentro de si, e’ estar vazio. É não amar. Quem ama alguém ou algo não está sozinho. Até um animalzinho, uma planta é uma companhia.

Num mundo com tanta gente, como estar sozinho? Tanta gente que precisa de gente, precisa de calor humano, que nenhum fogareiro resolve? No entanto nos isolamos. Fugimos. Afastamos todo o mundo. Empurramos para longe qualquer um que se atreva a pular o muro da vergonha entre nós e o mundo para acabar com nossa solidão. No quadro negro de nossa mente está escrita a trágica palavra, em letreiro luminoso — SOLIDÃO. Nem é mesmo preciso ser sozinho. O indivíduo com “vocação” para a solidão sabe muito bem sofrê-la em meio de seus familiares, em meio da multidão que o cerca, com tanta gente nessas prateleiras, chamadas apartamentos e com tantas pessoas na rua esbarrando umas nas outras. ❤️A fuga da solidão só tem um caminho — o amor. Ame, e você jamais estará sozinho (@wagneraramian )

17309814_1275291025859548_3054248180935135898_n

Faltam homens no mundo, mas não por gênero. Por caráter


Acredite, eu já andei bastante. Pelas ruas. Pelo mundo. Pela vida. Infelizmente, preciso concordar com o que muitos dizem. Faltam homens no mundo e não por uma questão de gênero. Faltam seres verdadeiramente humanos. Eu poderia colecionar tantas histórias repletas de descasos e covardias. Se eu não erro? Erro. Muitas vezes, diga-se de passagem. Mas erro pelas minhas imperfeições, não por tantos descasos e egoísmos. Não por querer me tornar apenas mais um vazio. Não são poucos os nossos exemplos. Mestres das dissimulações, especialistas em fingir e fugir. Nunca fazem o que dizem e nunca dizem o que fazem. São apenas caras com infinitas caras. Colecionadores de tantas conquistas, sem nunca conquistar qualquer admiração. Qualquer respeito. Vêm e vão, quase sempre em vão. Deixam apenas o rastro das suas ausências. Infelizmente, eu preciso concordar. Faltam homens no mundo, mas não por gênero. Por caráter.
Output file.png

Talvez seja você


 

Existem tantas pessoas por aí no mundo para gostar e eu acabei escolhendo você. Ainda vivo me perguntando porquê, mas acabo na mesma resposta de sempre: ”Ah, porque sim!”. Talvez seja esta forma de você me tratar e me cuidar de longe. Talvez seja esse teu lado carinhoso, meloso e atencioso que me deixa protegido. Talvez seja essa sua sinceridade, honestidade e simplicidade de vida que acaba enchendo meu coração de certezas fazendo eu gostar mais ainda de ti. E de tantos talvez, eu tive uma certeza: talvez seja você, a pessoa que eu mais preciso. Talvez seja seus ”bom dia” pela manhã e aqueles ”boa noite” de madrugada. Talvez seja nessa cobrança de me pedir para te responder logo uma mensagem que há 10 minutos você me mandou. Talvez seja nessa sua preocupação perguntando se eu já almocei ou se estou bem agasalhado porque, lá fora, faz um frio tremendo. Talvez seja nessas conversas que a gente vive alimentando no dia-a-dia, fazendo eu me identificar mais ainda contigo, nos imaginando juntos e grudados com o coração. Talvez, talvez… talvez seja nós, só nós, daqui pra frente.

 

Crescer é se foder sem vaselina


 

Chega uma fase na vida que você não sabe se tá ficando velho demais perdendo tempo dispensando alguns convites que anos atrás era irrecusáveis ou se tá ganhando tempo demais cuidando de si e amando a própria companhia. Hoje em dia prefiro viajar, ler meus livros no fundo do busão, ver uns filmes no fim da noite, ganhar um beijo estalado nas costas, um dengo demorado da vó, uma pizza com vinho na sexta à noite, amar a tarde toda num dia chuvoso de domingo. Tudo bem que não dispenso uma gelada num barzinho de esquina, uma boa música e violão. É que, ao passar do tempo, você começa a selecionar pessoas, lugares, festas e baladas, mas não é nem questão de ser marrento e metido, e sim, porque já não é mais a sua praia. É que, quanto mais o tempo passa, mais você vai ficando careta e evitando de ir em alguns lugares que antigamente frequentava e por fim acaba virando só saudade para algumas pessoas. Ficar adulto é ruim demais. Crescer é doloroso. E eu, nesta vida, cresci muito rápido. Tenho um amigo que vive me chamando de alienígena. E, às vezes, eu até concordo com ele, pois acho que sou de outro planeta em achar que cada dia que passa este mundo está ficando cada vez mais chato de viver, de crescer e de amar. Crescer é se foder sem vaselina.

Já não faço mais parte de você.


 

Enquanto eu enxergava só você na minha vida, você fazia ao contrário e dava espaço para tantas outras pessoas entrarem na sua. E vivíamos nesse jogo de várzea em que jogávamos mas que só você dava o show. Enquanto eu deixava você de titular no meu time, eu ficava de reserva no seu. Sim, lá no banco, esperando por sua boa vontade para me por pra jogar. E o seu time era grande demais. Você se preocupava mais em quantidade do que qualidade. Parecia que, depois de alguns dias, eu já não fazia mais parte dos seus jogos. Mas eu notei que fazer parte do seu time, não seria uma boa escolha pra mim. Você, um grande patético, sempre se preocupou em quantidade do que qualidade e acabou perdendo uma grande jogadora. Sim, perdeu uma grande peça da sua vida, uma pessoa que realmente jogava pro seu time com amor, com prazer e com a verdade, enquanto as ”suas outras” jogadoras jogavam por jogar. Jogavam por interesse. Jogavam por uma noite. Jogavam por um gole do seu copo. Que boba sou. Idiota, também. Enquanto eu te colocava – lá em cima -, você pisava. Enquanto eu te dava valor, você não reconhecia. Enquanto eu vivia dispensando tantos caras por aí achando que você seria uma grande pessoa pra mim, você dava bola e oportunidade pra outras mulheres fazerem parte da sua vida e dos seus joguinhos. E é verdade, com elas sim você pode jogar. Pra lá e pra cá. É o nível delas, de viver assim na mão de grandes babacas, um-dia-de-cada, de cama-em-cama, de boca-em-boca. Comigo não. Aqui o jogo é bruto. Acordei pra vida e vi que já não vale mais à pena fazer parte desse seu time pequeno. E caí fora desse time de cabeça erguida, sabendo que quem perdeu não foi Eu, mas sim… você. E perdeu feio, cara, pois tenho certeza que daqui uns dias, lá pra frente, vou te fazer falta e você vai se arrepender por ter perdido uma – grande jogadora – querendo jogar a sua vida com pequenas garotas sem qualidade.

Vem passar o resto da vida comigo


Deixa esse medo de amar na beira da janela para o vento soprar pra bem longe e coloca toda essa vontade de nos amar em nossa cama. Vem devagarinho. Me ama bem baixinho. Com calma, com leveza, na paz. Não deixe esse seu medo te acordar desse nosso sonho bonito.

 
Vamos viajar por aí e conhecer suas praias preferidas; as minhas também. Montar aquela barraca de frente para o mar e, antes do anoitecer, quando o pôr-do-sol nos dar boa noite nos convidando para mais uma noite longa de amor, deixa eu te amar em silêncio. Em segredo. Deixa eu ouvir só o barulho do seu coração pulsando de conforto, vontade e tesão. Vamos desfrutar do nosso amor sem deixá-lo cair na rotina. Vem. 
 
Vamos pegar um cineminha na semana. Andar de mãos dadas no shopping. Fazer um piquenique no gramado do parque da cidade. Andar de bicicleta juntos, de skate ou patins, deixando o vento soprar nosso rosto e cabelo, nos mostrando o caminho que devemos seguir para ser feliz. Vamos ao mercado fazer compras. Vamos registrar todos os nossos momentos criando um álbum de felicidade só para nós dois e mostrar, daqui uns 40 anos, para os nossos filhos e netos, o quão éramos felizes. Vamos viajar por aí para conhecer o que a vida tem para nos apresentar e deixa, com carinho, eu viajar dentro de nós para conhecer, de tão bonito que é, este nosso mundo.
 
Tá na hora de dizer que me quer. Me abraça e me aperta dizendo que sim, que sim e que sim. Pode repetir um monte de vezes. Diz que pode ser para sempre. Afirma-me que será para a vida toda mesmo sabendo que tudo é por enquanto. Me faça ter certeza. Senta comigo numa rede no fundo do quintal de casa. Coloca sua música preferida bem baixinho para trocar e me conta, com um sorriso no coração, que você veio para ficar. 
 
É hora de dizer que sou seu e deixar, de uma vez por todas, eu falar – de boca cheia – para o mundo que eu encontrei a mulher dos meus sonhos. Me abraça de novo. Me gira no seu colo. Me joga para o alto fazendo eu voar, mas não solte as minhas mãos e, por favor, com todo amor, termina esse voo longo comigo. Até o infinito.

O tempo não afasta ninguém


pending

O tempo. Ele apenas existe. É objeto, não sujeito. Corre e escorre por si. As pessoas não. Estas se aproximam e se afastam por escolhas próprias. São responsáveis pelas suas atitudes e silêncios. Ou pelos menos deveriam ser. Essas sim se afastam porque desejam ou porque já não desejam mais. O tempo não pode ser o culpado pelos nossos desencontros. Não deveria. Tenho antigos amigos que nunca me abandonaram, não importa a distância. Outros, infelizmente, já não me lembro mais que existiram. Por escolhas minhas ou alheias. Porque já não nos reconhecíamos ou porque nos conhecíamos bem demais (e não valia mais estar ali). Ainda assim, não importa. Nunca foi pelo tempo. O tempo não afasta os homens. Eles se afastam sozinhos.

Até quando insistir


 

Até quando insistir?’ Não foram poucas as vezes em que encarei essa pergunta. Não foram poucas as vezes em que encontrei várias respostas. Ainda assim, nós sempre parecemos cultivar uma estranha tendência à tortura. Uma estranha vontade de irmos bem além do que deveríamos. Então, estou mais uma vez aqui. Na constante busca por uma resposta definitiva. Até agora, encontrei esta: não desista de si para insistir em alguém. Parece simples? Bem, não é. É uma árdua filosofia de vida. Afinal, quantas vezes não nos calamos? Quantas vezes não nos moldamos até pontos quase irreconhecíveis? Estranhos aos próprios olhos. Uma profunda negação e abandono. Agora, esta é a minha mais sólida verdade. Não desistir de si. Não se anular por inteiro apenas para estar com alguém. Uma resposta óbvia? Talvez. Ainda assim, necessária. Um lembrete essencial para os atuais dias. Quando parecemos insistir tanto naqueles já não mais aqui.

Eu te esperei


Eu não desisti de nós dois. Longe disso. Eu apenas me lembrei de olhar também para os meus próprios olhos. De não cultivar mais cansadas olheiras por mensagens nunca recebidas. Por pequenas ausências – mas de pesos insustentáveis. Insuportáveis demais para se carregar sozinho. Aos poucos, esmagaram o meu coração. Ainda assim, tenha essa certeza: eu te esperei. Por uma eternidade. Eu esperei por elogios nunca mais recebidos. Por cuidados tão simples como a retribuição de um conselho. Ganhei apenas lágrimas. Noites mal dormidas e sonhos de um futuro naufragados em mágoas. Gritava. Em troca, recebi apenas silêncios. Mas, saiba. Eu te esperei. Muito além disso, eu te amei. Mas precisava de um amor recíproco para sentar comigo. Por sorte, o meu amor próprio voltou. Ele já andava há muito tempo sozinho.

Saiba terminar o que já teve um fim


 

Se as nossas desilusões já machucam tanto, imagine as ilusões? A incapacidade de enxergar o óbvio. Sim, o óbvio. A incapacidade de enxergar tudo aquilo que já não existe mais. Presentes transformados em passado. Desinteresses agora disfarçados de cansaços e desculpas vazias. Eu sei: a esperança é a última a morrer. Ainda mais quando sustentada pelas covardias de um outro alguém. Ainda assim, é preciso saber abandoná-las. Principalmente quando deixam de ser leves esperanças para se tornarem somente tolas ilusões. Alimentadas por um outro alguém com suas vaidades e egoísmos. É preciso saber terminar. Senão, corremos o risco de ficar eternamente presos a sentimentos já tão esgotados. Presos a pessoas que não estão mais conosco, mesmo sem nos deixarem livres. Seguir em frente não nos mata. Permanecer estático e afundar, sim. Novas histórias chegarão, acredite. Mas antes é preciso terminar tudo o que já teve fim.

http://www.instagram.com/ultimaexpressao

 

pending

Um dia alguém vai chegar e vai permanecer


Um dia alguém vai chegar e vai permanecer. Você não vai precisar implorar por nada, ele vai chegar, se instalar e mudar a sua vida por inteira. Um dia alguém vai valorizar o seu sorriso, o seu jeito de encarar a vida. Vai te segurar pela mão e vai te mostrar para o mundo. Um dia alguém vai te provar o quanto você é incrível, mesmo sendo inconstante, ciumenta e repleta de medos que vez em quando te impedem de dar um passo mais a diante. Um dia alguém vai ser inteiramente seu. Vai te provar em atitudes o quanto existe reciprocidade e vontade de te fazer a pessoa mais feliz desse universo. Um dia alguém chegará com o otimismo que te falta. Vai te levar para conhecer os lugares que você nunca pensou que existiria. Vai fazer planos, traçar uma rota, vai te levar para jantar ou para assistir uma temporada inteira da sua serie favorita jogados no tapete da sala. Um dia alguém vai apostar em você, vai dar gás aos seus sonhos adormecidos, vai te fazer enxergar a vida com outros olhos e te assegurar que vocês realmente nasceram para se pertencer. Um dia alguém vai chegar para te amar do seu jeito. Vai te aceitar com os quilinhos a mais, com a celulite que você tem receio de mostrar, vai te amar com a cara lavada, de cabelo bagunçado e pés descalços. Um dia alguém vai te abraçar forte e te proteger de tudo que te afronta. Um dia alguém vai te tratar do jeito que você merece, vai ser o que nenhum outro foi em sua vida, e vai te fazer entender porque Deus demorou tanto para colocar alguém em seu caminho. Um dia alguém vai querer dormir e acordar do seu lado, vai querer mudar a sua história, o seu status e até seu sobrenome. Um dia alguém vai se preocupar com você de verdade, vai se importar com os seus resmungões e ficar do seu lado mesmo quando a TPM for intensa, e o seu desejo for de não vê-lo nem pintado de ouro. Um dia alguém vai cuidar do seu coração calejado e vai te mostrar que mesmo desacreditada, é possível sim amar de novo. 

16142818_1461883290511047_4593378553462985239_n

Hoje em dia tá…


É muito difícil eu começar a gostar de alguém. Hoje em dia tá foda. Não tá fácil me surpreender. Tudo bem que “pouca coisa” me encanta por ser sempre apegado à detalhes: surpresas e presentes, abraços e cafunés, mas não é “qualquer coisa” que mexe, profundamente, comigo. Tô muito chato. Indeciso. Duvidoso. Acho que nunca vou achar alguém que me complete ou que goste de fazer as mesmas loucuras que as minhas. Vivo aqui escolhendo o amor para querer passar a vida e no fim acabo bêbado, patético e sozinho. Mas nem me desespero, tá ligado, pois sempre soube que o nosso coração não é panfleto para entregar ao primeiro que passar na rua. Precisamos ter muita confiança para querer arriscar algo sério com alguém. Às vezes algumas pessoas chegam e já mandam na lata “ah, tá sozinho porque quer”, “deve ter várias no seu pé”, “você tem quem quiser” e tal, mas ninguém sabe de nada. Ninguém sente e pensa o mesmo que a gente. Às vezes não é nem falta de opção e nem de vontade, pois no fundo queremos sempre ter um colo para se deitar no fim do dia. Talvez seja só falta de confiança mesmo. Pois entregar o coração para qualquer pessoa nunca foi a minha praia.

 

 

Dádivas dessa vida, o amor.


Você pode passar a sua vida inteira viajando, trabalhando, estudando. Pode passar sua juventude se divertindo, saindo com os amigos. Pode aprender inglês, francês e espanhol. Fazer o mestrado ou o doutorado dos sonhos. Almejar o mais alto cargo da sua classe. Você pode ler mil livros. Comer os melhores doces. Tomar os melhores vinhos. Você pode ver as paisagens mais lindas que existe nesse mundo. Você pode ter feito tudo o que teve vontade e sonhou, e tudo isso ficará marcado na sua historia, como lembranças preciosas de quem viveu muito bem.

Mas se ao final da vida, você não tiver alguém para quem contar suas melhores aventuras, rir com as mudanças físicas em suas fotos, preparar-lhe um café da tarde, segurar sua mão na hora da dor, sair correndo para comprar aquele remédio ou simplesmente esperar ansiosamente a sua volta para casa. Você pode ter vivido o que desejou, mas não viveu uma das grandes dádivas dessa vida, o amor.

15589870_1690619637894770_6234013168765170614_n

 

Wagner Aramian