Não falta tempo. Falta prioridade.


 

Uma verdade talvez impressionante para muitos: o nosso tempo é o mesmo. Claro, a percepção de cada um pode até ser distinta. O tempo é relativo, nos diria Einstein. Ainda assim, todos nós possuímos a mesma quantidade de horas em um único dia. Vinte e quatro, para ser exato, caso alguém esteja ocupado demais para se lembrar disso. O que muda então são as nossas prioridades. O quanto nos preocupamos com o outro e valorizamos ou não os diferentes aspectos das nossas vidas. Desejar não somente receber cuidado, mas querer torná-lo recíproco. Aliás, vou além. O tempo só nos faltará quando não estivermos mais nesse mundo. Até lá, o relógio não poderá ser o culpado pelas nossas ausências. O bode expiatório pelos nossos desinteresses. Sempre existirão segundos suficientes para dizermos ao menos um simples eu estou aqui. Sejamos mais sinceros então. Tempo não nos falta. Aliás, tempo nunca nos faltará. Pelo menos não enquanto estivermos vivo.

Pending

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s