Me apaixonei…


Confesso que te quis “de primeira”: bati o olho em você e senti que precisava te conhecer. Não sei se foi teu sorriso largo ou teu olhar miúdo. Não sei se foi teu corpo lindo ou teu jeito de existir. Não sei, minha única certeza naqueles pequenos infinitos de encanto, era de que eu precisava te conhecer – e conheci, desconheci, CONHECI! Foram semanas de conversa via redes sociais e alguns encontros casuais, que eu gostava de chamar de DESTINO, um envolvimento tão natural – eu já era seu e você nem sabia ( talvez eu também não soubesse, talvez você soubesse e fingia não saber, vai saber? Não quero mais saber). Eu simplesmente não consegui entender o que acontecia: hora você era tão minha, presente, recíproca a todo carinho. Hora você sumia, silenciava qualquer batuque animado desse meu coração, que fazia festa com tudo que vinha de você. Estranhava, mas seguia me envolvendo, te tornando tudo o que eu mais queira. Ficava triste, mas superava, esquecia, seguia te querendo. Como qualquer pessoa que se apaixona e fica cega por uns tempos, encantado com uma falsa luz, ignorando os avisos, quebrando regras essenciais de amor-próprio, destruindo outras oportunidades, se doando de forma insana e perigosa, gostando sem inteligência – eu fiz de tudo e isso não foi tudo para você! Te confessei sentimento tantas vezes e na mesma quantidade de vezes você dizia que não era o momento – e eu esperava esse teu tempo. Tempo que nunca chegou, tempo que passou, me levou para um lugar que não imaginei chegar : sozinho e carregando um amor que você nunca se interessou de fato. Não me culpo nem te culpo. Na verdade foi tudo IMPRESSÃO : Eu te desenhava da forma mais linda que podia e você apenas assumia esse papel sem se envolver ou comprometer a pele e a alma. Na verdade você nunca foi tudo o que eu sentia, tinha muita coisa em jogo e você não assumiu esse sentimento. Tinha muita intensidade em cada gesto meu, cada palavra, cada entrega e você nunca quis ser quem eu queria, talvez. Me apaixonei e veja no que deu, aqui estou eu escrevendo e te esquecendo em reticências…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s