Para sempre


Tudo que é de ruim acaba indo embora com o tempo: na semana seguinte, um ou dois meses depois a gente acaba esquecendo de vez. Coisas ruins quando vão embora não vira saudade, vira pó. E pó o vento acaba soprando pra bem longe. E as coisas boas? Ah, essas nunca vão. Elas ficam cravadas na gente. Grudam e impregnam duma forma tão bonita que a gente não esquece nem se tentar esquecer. Tem coisas que o vento leva pra bem longe, mas tem outras coisas que o coração guarda bem lá no fundo… bem no fundo do peito. Para sempre.

Wagner Aramian.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s