Se apaixonar, se envolver, namorar, é rápido. Tudo acontece num piscar de olho. Até pra chegar o fim é rápido, eu sei, acontece, mas o fim que é demorado. O fim, sabe? A dor. A saudade. A falta. Isso sim que demora para passar. Parece que a dor e falta da pessoa vai morar pra sempre dentro de nós. É difícil se libertar disso, mas a gente tem que achar um meio de poder amenizar a dor fazendo coisas legais, por exemplo, saindo da rotina, rindo com outras pessoas, bebendo em outros copos, frequentando outros lugares. Você sabe, eu não sei tanto assim sobre o amor, então não vem pedir milhões de conselhos, porque vou falar a mesma coisa que as outras pessoas falaram: ”vai ficar tudo bem, vamos sair”. Mas você sabe que é assim que funciona, né, então coloca um esparadrapo ai no peito, um sorriso no rosto e finge que tá tudo bem, porque ele não vai mais voltar. Afinal, foi ele que fechou a porta do coração na sua cara, e você sabe, a realidade da vida acontece aqui do lado de fora. Então vamos viver do que é real, amor, que a vida não espera por nós não.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s